Em entrevista, o diretor de cinema e ativista político Aaron Russo (morto de câncer em 2009) revela que George Soros e a família Rockefeller financiaram a criação do feminismo tal qual o vemos atualmente.

*Este vídeo foi deletado do Youtube várias vezes, mas conseguimos recuperar e publicamos aqui em nossos servidores.

Deixe seu comentário: