A crise chegou e a renda já parou de entrar, mas as contas não dão trégua. Para manter os boletos em dia, será preciso um replanejamento financeiro imediato. Confira as dicas do consultor Gustavo Cerbasi:

Deixe seu comentário: