A Bolsa brasileira tem espaço para mais valorização, apesar da alta de 35% em um ano, pois também deve experimentar a entrada de investidores ainda pouco expostos a ações brasileiras. O diagnóstico é do presidente da BlackRock no Brasil, Carlos Massaru Takahashi, que percebe o investidor estrangeiro ainda confiante no Brasil e à espera de medidas de estímulo à economia. Em relatório divulgado pelo Estadão/Broadcast, a BlackRock aponta uma visão positiva sobre o Brasil, quando considerados os mercados emergentes.

Leia a matéria completa e a entrevista aqui >>